Qual artista ou banda você gostaria de ver na Virada Cultural 2011?

Oi, pessoal!

Lançamos essa enquete no Twitter e resolvemos trazer para cá também. E aí, que artista você quer ver nos palcos da Virada este ano? Dê sua sugestão e ela será avaliada pela curadoria do evento!

 

Publicado em Notícias | Marcado com | 466 Comentários

Cancelamento do espetáculo do grupo belga

Caros visitantes!

Infelizmente, houve um problema com o grupo belga Shake That e não haverá mais essa apresentação na Revirada Circo.

| Deixe um comentário

Revirada Circo acontece no Anhangabú de 8 a 12 de dezembro. Programe-se!

Foto da edição 2009 da Palhaçaria Paulistana, evento promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Cooperativa Brasileira de Circo que neste ano integra a Revirada Circo

Para celebrar o Dia do Palhaço (10 de dezembro), a SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA promove a segunda edição da Revirada, desta vez com o tema Circo. O local escolhido para abrigar a festa é o Vale do Anhangabaú, que receberá, entre os dias 8 e 12 de dezembro, artistas brasileiros e latino-americanos, além do grupo belga “Shake that” em uma lona especialmente montada em frente ao prédio dos Correios, além de diversas atividades de rua que avançam pelo Bulevar São João (calçadão entre o Vale do Anhangabaú e o Largo do Paissandu). As apresentações são gratuitas.

Em novembro, ocorreu a primeira Revirada, com o tema Baile no Largo do Arouche. Com o objetivo de realizar atividades de rua inspiradas na Virada Cultural, que ocorre anualmente, a SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA programa, agora, esses eventos temáticos com o mesmo espírito de rua da principal atração do calendário cultural da cidade.

Na abertura da Revirada Circo, dia 8 de dezembro, acontece uma performance aérea, às 20h, do grupo Acrobático Fratelli, de São Paulo, que se exibirá nas fachadas de prédios do Vale. No dia seguinte, às 13h, está programado o espetáculo interativo “La mutante varieté” (A variedade mutante), dos uruguaios do Pambazos Bros. Trata-se de um cabaré de variedades composto de números cômicos que recorrem ao humor das feiras de horror itinerantes que percorriam cidades no começo do século 20. Do Chile, o grupo El Kote traz o espetáculo “Aquí el único animal soy yo” (Aqui o único animal sou eu). O solo, que será apresentado dia 10 de dezembro, às 15h, reúne técnicas de malabarismo e improvisação.

Palhaço argentino Chacovachi

O palhaço argentino Chacovachi faz sua segunda apresentação em São Paulo, desta vez trazendo o espetáculo “Cuidado!, un payaso malo puede arruinar tu vida” (Cuidado!, um palhaço mau pode arruinar tua vida). A performance que será apresentada dia 10, às 16h30, e dia 11, às 13h, estreou em 2005 no Festival de Teatro de Rua de Valladolid, cidade espanhola. Com 24 anos de carreira, o artista é um dos mais tradicionais palhaços de rua da Argentina, e ocupou como posto fixo durante 16 anos a praça França em Buenos Aires, capital daquele país.

Do Brasil, marcam presença na Revirada Circo os cariocas do Coletivo Nopok, criado em 2007 a partir da pesquisa de seus integrantes sobre o universo circense e da comicidade. Para o evento, o grupo traz “No pocket – Um espetáculo para todos os bolsos”, que utiliza técnicas de malabares e de equilíbrio, ou seja, atividades com base no virtuosismo técnico. Apresentações de grupos conhecidos do grande público paulistano, como LaMínima e Irmãos Becker, também estão na programação.

O Centro de Memória do Circo, criado na Galeria Olido em novembro de 2009 como parte da política de valorização das artes circenses da Secretaria Municipal de Cultura, irá integrar a programação com uma apresentação especial marcada para dia 10, às 19h, na Sala Olido. O espetáculo reunirá duas gerações de artistas circenses: aqueles criados em picadeiros integrados ao ofício naturalmente e jovens frequentadores dos cursos ministrados pelos Doutores da Alegria e pela Escola São Paulo de Teatro. Serão encenados diversos esquetes pelos alunos e pela velha guarda. O ator Pascoal da Conceição é o mestre de cerimônias. Interpretando o escritor modernista Mario de Andrade, grande entusiasta de circo, Conceição apresenta os números, que têm início com as palavras dos mestres-palhaços, intercaladas por entradas e piadas do palhaço Picolino II. O espetáculo encerra o ciclo de depoimentos Entre risos e lágrimas – O teatro no circo, que, desde outubro deste ano, vem abordando, no Centro de Memória do Circo, o tema “palhaçaria”. Em 2011, o tema enfocado será “farsas e comédias” e em 2012, “dramas”.

A Revirada Circo é promovida pela SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA. No evento, estão reunidas outras ações com foco circense desenvolvidas pela Secretaria em anos anteriores: o 2º Festival Municipal de Circo e a 5ª Palhaçaria Paulistana, esse último com apoio da Cooperativa Brasileira de Circo.

SERVIÇO: Revirada Circo. Lona no Vale do Anhangabaú, capacidade 400 pessoas (em frente ao prédio dos Correios) e atividades de rua no Bulevar São João. De 8 a 12 de dezembro. Diversos horários. Grátis

VEJA PROGRAMAÇÃO COMPLETA: (Obs.: as atividades que acontecem dentro da Lona estão identificadas com essa palavra).

08/12 – QUARTA-FEIRA

18h – Espetáculo de abertura (Lona)

Banda Circense, Palhaço Picoly, Artistas grafiteiros, M.C Max B.O, números clássicos com contorcionistas, malabaristas, palhaços e acrobatas dos Circos Spacial, dos Sonhos, Stankowich e Zanni.

20h – Acrobático Fratelli (SP) – Coreografia nas fachadas de prédios da região

09/12 – QUINTA-FEIRA

09h30 – Intervenções

10h – Apresentação dos vencedores da Mostra Competitiva realizada pela Cooperativa Brasileira de Circo (Lona)

11h30 – Intervenções

12h – Apresentação dos vencedores da Mostra Competitiva realizada pela Cooperativa Brasileira de Circo (Lona)

13h – Pambazos Bros (Uruguai) – Espetáculo: La Mutante VarietéCabaré de variedades composto por números cômicos e formado por figuras bizarras. O espetáculo, assim como aqueles apresentados em circos antigos, tem uma estrutura de números (Siameses Sarlanga, Plantas Carnívoras e Chico Chicote e O Coelho Transgênico) e apresentadores (Kingston e Winston), que utilizam a estética de “monstros simpáticos”, lembrando, com humor, as “feiras de horror” itinerantes que visitavam as cidades no início dos anos 1900, assustando e divertindo o público.

14h30 – Intervenções

15h – Apresentação dos vencedores da Mostra Competitiva realizada pela Cooperativa Brasileira de Circo (Lona)

16h30 – Coletivo Nopok (RJ) – Espetáculo: No Pocket – Um espetáculo para todos os bolsosUtilizando malabares e técnicas de equilíbrio, o grupo carioca procura chamar atenção do espectador transeunte conduzindo-o a uma experiência na qual ele não é apenas um mero observador, mas um importante elemento no jogo estabelecido. A cena é uma sucessão de números que explora o virtuosismo técnico, acompanhada por música ao vivo e entrelaçada por situações burlescas e inusitadas.

17h30 – Intervenções

18h – Apresentação dos vencedores da Mostra Competitiva realizada pela Cooperativa Brasileira de Circo (Lona)

20h – Circo Dux (RJ) – DUX+3 (Lona)O espetáculo traz números sensacionais e criaturas extraordinárias que desafiam as leis humanas. Equilíbrio, malabares, acrobacia, paradas de mão, muito humor e irreverência juntos em um trabalho dirigido a todo o tipo de público.

10/12 – SEXTA-FEIRA

9h30 – Intervenções

10h – Espetáculo de Variedades (Lona)

11h30 – Intervenções

12h – Espetáculo de Variedades (Lona)

13h – Coletivo Nopok (RJ) – Espetáculo: No Pocket – Um espetáculo para todos os bolsosUtilizando malabares e técnicas de equilíbrio, o grupo carioca procura chamar atenção do espectador transeunte conduzindo-o a uma experiência na qual ele não é apenas um mero observador, mas um importante elemento no jogo estabelecido. A cena é uma sucessão de números que explora o virtuosismo técnico, acompanhada por música ao vivo e entrelaçada por situações burlescas e inusitadas.

13h30 – Intervenções

14h – Espetáculo de Variedades (Lona)

14h – Los Branda (SP) – Espetáculo: FuscaA incrível destreza do homem, com sua força descomunal ao lidar com um Fusca.

15h – El Kote (Chile) – Espetáculo: Aquí el único animal soy yo. Espetáculo solo de circo-teatro que reúne técnicas de malabarismo, improvisação, paródias de cinema norte-americano e humor. A perfeita sintonia entre a música e o movimento poderá levar o público a uma surpreendente idealização de uma imagem surreal.

16h30 – Chacovachi (Argentina) – Espetáculo: Cuidado! Un payaso malo puede arruinar tu vidaEm sua segunda apresentação no país, o palhaço argentino traz, desta vez, uma performance que estreou, em 2005, no Festival de Teatro de Rua de Valladolid, na Espanha. Com 24 anos de carreira, Chacovachi é um dos mais tradicionais palhaços de rua da Argentina, e ocupou como posto fixo durante 16 anos a praça França em Buenos Aires.

17h30 – Intervenções

18h – Espetáculo de Variedades (Lona)

19h – Programação especial do Centro de Memória do Circo. O espetáculo reunirá duas gerações de artistas circenses: aqueles criados em picadeiros integrados ao ofício naturalmente e jovens frequentadores dos cursos ministrados pelos Doutores da Alegria e pela Escola São Paulo de Teatro. Serão encenados diversos esquetes pelos alunos e pela velha guarda. O ator Pascoal da Conceição é o mestre de cerimônias. Interpretando o escritor modernista Mario de Andrade, grande entusiasta de circo, Conceição apresenta os números, que têm início com as palavras dos mestres-palhaços, intercaladas por entradas e piadas do palhaço Picolino II. O espetáculo encerra o ciclo de depoimentos Entre risos e lágrimas – O teatro no circo, que, desde outubro deste ano, vem abordando no Centro de Memória do Circo o tema “palhaçaria”. Em 2011, o tema enfocado será “farsas e comédias” e em 2012, “dramas”.

20h – Circo Dux (RJ) – DUX+3O espetáculo apresenta números sensacionais e criaturas extraordinárias que desafiam as leis humanas. Equilíbrio, malabares, acrobacia, paradas de mão, muito humor e irreverência juntos em um trabalho para todo o tipo de público, demonstrando força, magia e habilidade.

11/12 – SÁBADO

11h – Brick House Br (SP) – Xuxu Beleza e Tomate MaravilhaO espetáculo visa mostrar que todas as pessoas são super-heróis desempenhando suas funções na sociedade, sem que, para isso, tenham que trajar uniformes característicos.

12h – Fanfarra (Cesário Lange) e Encontro de Malabaristas

13h – Chacovachi (Argentina) – Espetáculo: Cuidado! Un payaso malo puede arruinar tu vidaEm sua segunda apresentação no país, o palhaço argentino traz, desta vez, uma performance que estreou, em 2005, no Festival de Teatro de Rua de Valladolid, na Espanha. Com 24 anos de carreira, Chacovachi é um dos mais tradicionais palhaços de rua da Argentina, e ocupou como posto fixo durante 16 anos a praça França em Buenos Aires.

14h – Los Branda (SP) – Espetáculo: FuscaA incrível destreza do homem, com sua força descomunal ao lidar com um Fusca.

15h – Maku Jarrak (Argentina) – Espetáculo: Metro y MedioEspetáculo baseado na ação física e comunicação cômica com o público de forma ativa. Momentos técnicos e lúdicos fazem parte de um universo cheio de equilibrismos, malabarismos excêntricos e números cômicos e únicos que levam a um final surpreendente.

16h – Encontro de Malabaristas

16h30 – Intervenções

17h – Espetáculo de Variedades (Lona)

18h – Los Gusanos (Chile) – Espetáculo: El mundo dentro de un globo“O mundo em um balão”, apresentação na qual o palhaço Zirpape mostra suas habilidades com o manuseio de balões.

19h30 – Circo Amarillo (SP/ Argentina) – Experimento Circo

12/12 – DOMINGO

11h – Irmãos Becker (SP) – Espetáculo: Circo MalabarísticoDois malabaristas cômicos demonstram, de modo criativo e bem humorado, o malabarismo clássico e o experimental, com novos planos, formas e materiais, como cones de trânsito, estimulando a participação da plateia do início ao fim do espetáculo.

12h – Du Circo (SP) – Espetáculo: O OmeleteArtista circense, malabarista profissional e palhaço, Du Circo usa uma minibicicleta para realizar algumas manobras bem atrapalhadas. Na sequência, demonstra várias habilidades ligadas ao malabarismo, utilizando raquetes de tênis, cartolas e bolas de cristal, que resultam em uma “omelete”.

13h – Circo Delírio (Argentina/ Uruguai) – Espetáculo: Cabaré do MercosulShow de variedades circenses composto por malabarismo, acrobacias, equilíbrios e comédia física, nas quais as cenas são enriquecidas com efeitos sonoros, tudo com base na forte pesquisa que o grupo vem desenvolvendo desde 2003. Os artistas multidisciplinares entram e saem do picadeiro realizando números como o de duplo equilíbrio com malabarismo em uma escada de quatro metros de altura, além de acrobacias extremas e até um inusitado duelo de bananas.

14h – Los Branda (SP) – Espetáculo: FuscaA incrível destreza do homem, com sua força descomunal ao lidar com um Fusca.

14h30 – Intervenções

15h – Espetáculo de Variedades (Lona)

16h30 – Intervenções

17h – Espetáculo de Variedades (Lona)

18h – Circo Ve (Argentina) – Espetáculo: Los PrismáticosDesde o início do show, dois personagens tentam confundir o público com seus comportamentos e suas roupas. Obcecados pelo reconhecimento do espectador, eles começam a realizar peripécias que resultam em uma competição.

19h30 – LaMínima (SP) – Espetáculo: RepriseDois palhaços chegam para fazer uma apresentação e percebem que foram contratados para o mesmo local e horário. Ambos decidem realizar seus números em conjunto e descobrem, no decorrer do show, que, juntos, seus talentos se multiplicam e o repertório de renova.

Publicado em Notícias | Marcado com , , | Deixe um comentário

Silent Disco marca presença na 1ª Revirada Baile

Uma intervenção do projeto Silent Disco está prevista para o coreto da Praça da República. O projeto esteve na cidade pela primeira vez na edição de 2008 da Virada Cultural.

O projeto holandês prevê que o público dance ao som de uma música que só poderá ser ouvida em fones de ouvido e não por quem está observando de fora, propondo uma forma individual de aproveitar a música e dançar.

Dia 6, das 19h à 1h e Dia 7, das 14h às 20h.

Publicado em Notícias | Marcado com , , | Deixe um comentário

Em novembro, 1ª REVIRADA BAILE

A primeira edição da Revirada acontece no Largo do Arouche dias 6 e 7 de novembro com o tema “baile”. Não se trata de uma reedição da Virada Cultural, mas a Revirada se inspira na Virada ao propor novamente a celebração da cidade, em especial de sua região central, por meio de mais um evento com espírito de festa de rua.

O objetivo do projeto é promover eventos periódicos em localidades específicas com temas diversos como “baile”, nesta primeira edição, e arquitetura e poesia, que já são temas estudados para as próximas.

“Assim como a Virada Cultural foi um evento que foi se formatando ao longo dos anos [já são 6 edições], a Revirada começa como projeto-piloto”, afirma o secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil.

Estão programadas discotecagens em diversos ritmos como Salsa, Samba-rock e gafieira, aulas de dança, campeonatos, entre outras atividades.

Promovida pela Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, a primeira Revirada traz a dança como mote e transforme o Largo do Arouche numa grande pista de dança.

Serviço: Largo do Arouche e imediações, incluindo a Rua Vieira de Carvalho. Dias 6 e 7 de novembro. A partir das 16h de sábado (6) até à 23h59. Das 11h às 19h de domingo (7). Grátis

Programação completa

Ambientes:
1 – ônibus palco adaptado receberá bandas e orquestras
2 – Pista Caribe, aulas, concursos e discotecagem de Salsa, Zouk, Lambada, etc.
3 – Pista Forró, aulas, concursos e discotecagem de Baião, Xote, Brega, etc.
4 – Pista Samba, aulas, concursos e discotecagem de Samba Rock, Gafieira, etc.
5 – Pista Anos Dourados, aulas, concursos e discotecagem de ChaChaCha, Swing, Tango, Bolero, etc.

Dia 6 de novembro

Ônibus:
16h – Orquestra Sílvio Mazzuca
18h –Edwin Pitre
20h –Tonda y Combo
22h – Os Opalas
0h – Carla Maués

Pista Caribe:
14h – Aula: dança de salão para cadeirantes
15h – Aula: Salsa estilo Los Angeles
16h – Festa Pré Congresso Mundial de Salsa (DJs Humberto e Malaquias)
19h –Aula: Salsa estilo Cubano
20h – Aula: Zouk Brasileiro
21h – Aula: Salsa estilo Rueda de Casino
22h – Campeonato de Salsa
23h – Campeonato de Zouk

Pista Forró:
14h – Aula: Dança de salão para deficientes visuais
15h – Aula: Forró Paulistinha
16h – Aula: Xote
17h – Aula: Forró Pé de Serra
18h – Festa Rootstock (DJs Tick e Vinny)
20h – Campeonato de Forró
21h – Festa DJ Magno

Pista Samba:
15h – Aula: Samba no pé
16h – Aula: Pagode
17h – Aula: Aula Gafieira
18h – Aula Samba Rock
19h – Festa DJ Toni Hits
21h – Campeonato de Samba Rock
23h – Aula: Samba Rock
0h – Festa Sambacana Groove (DJs Theo Werneck, Israel do Vale,

Pista Anos Dourados:
15h –Aula: Valsa
16h –Aula: Bolero
17h –Aula: ChaChaCha
18h –Aula: FoxTrot
19h –Aula: Swing/Rock
20h –campeonato veteranos
21h –Tango Show
23h –Festa: Trash 80’s

Dia 7 de novembro

Ônibus:
15h –Orquestra Antonio Arruda
17h –Banda Glória
19h –Orquestra Tabajara

Pista Caribe:
11h –Aula: Brincando de Dançar (dança para crianças)
12h –Aula: Salsa estilo Los Angeles
13h –Aula: Salsa Rueda de Casino
14h –Aula: Zouk Brasileiro
15h –Festa Pré Congresso de Zouk do Brasil (DJs Mané e Henilton)
17h –Aula: Salsa estilo cubano
18h –Festa: Balacuba (DJ Edu Brechó)

Pista Forró:
11h –Aula: Baião/Valsadão
12h –Aula: Amassa Cacau
13h –Aula: Forró Miudinho
14h – Trio Sabiá
16h – Festa Rootstock (DJ Ivan)
18h – Festa Tecnobrega (DJ Patrick Tor4 –Belém)

Pista Samba:
11h –Aula: Samba no pé
12h –Aula: Pagode
13h –Aula: Aula Gafieira
14h –Aula: Samba Rock
15h –Festa DJ BRA.SA.
18h –Campeonato de Gafieira

Pista Anos Dourados:
11h –Aula: Cha-Cha-Cha
12h –Aula: Aula Valsa
13h –Aula: Foxtrot
14h –Aula: Rock/Swing
15h –Aula: Bolero
16h –Festa: Vinil é Arte

| Marcado com , , , , | 2 Comentários

Saudades da Virada?

A quantidade de visitantes que o blog tem recebido diariamente é uma prova verdadeira de que a Virada Cultural consolidou-se como a “festa da cidade”. Há dias em que quase 50 pessoas visitam espontaneamente o blog, mesmo sabendo que a próxima edição acontece só ano que vem.

Queremos agradecer a todos os visitantes e dizer que quando a data da edição 2011 for definida, com certeza vamos noticiar por aqui. Por isso, você que vem sempre por aqui atrás de novidades, fique ligado!

Publicado em Notícias | Marcado com , , | 4 Comentários

ESCULTURA DE LIXO DO COLETIVO DA URBAN TRASH ART MONTADA NA VIRADA CULTURAL SEGUE ATÉ DOMINGO NO LARGO SÃO BENTO

Urban Trash Art

Um dragão que tem o corpo composto de grades de ventiladores, garrafas pet, embalagem de leite e outros itens que provavelmente nunca tiveram um destino tão nobre. Montado pelo coletivo Urban Trash Art durante a 6ª edição da Virada Cultural, a “obra-prima” segue montada em frente ao mosteiro de São Bento, despertando a curiosidade dos pedestres. Os interessados em conferir a intervenção inusitada podem fazê-lo até domingo, quando ela será desmontada.

Com dimensões de 18 metros de comprimento, cerca de 4 metros de altura e 3 de largura, esta é a 17ª escultura do grupo, que ganhou o nome de “Dragão de Tróia”. Ao longo de cerca de 2 semanas, os artistas Pado (Cleber Padovani) e Rodrigo Machado, fundadores do coletivo, reuniram os itens que seriam usados na peça. Também elementos que já foram usados em outras intervenções são reaproveitados.

O coletivo existe desde janeiro de 2009 e reutiliza os elementos em diversas esculturas de modo a propor uma inevitável reflexão sobre reciclagem.

No blog dos artistas (http://urbantrashart.blogspot.com/), é possível conferir algumas peças já executadas por eles. De uma carroça e uma aranha gigante, é possível transformar lixo em arte com um pouco de criatividade e muita disposição.

Serviço: “Dragão de Tróia”. Coletivo Urban Trash Art. Endereço: Largo São Bento, s/nº (em frente ao Mosteiro de São Bento). Até domingo. Grátis

Créditos de Imagem: Sylvia Masini

Publicado em Outros | Marcado com , | 2 Comentários

Imagens do final de semana

Créditos de imagem: Priscila Azul

| 2 Comentários

Mais algumas…

Créditos de imagem: Luciana Figueiredo

Publicado em Outros | Marcado com , | Deixe um comentário

Imagens

A Virada Cultural rendeu belas fotografias neste ano. Abaixo, algumas das imagens do evento na cidade de São Paulo.

Créditos de imagem: Antonio Brasiliano

| 2 Comentários