E o que tem de novo?

Share/BookmarkCompartilhe

Nesse ano, mais um ritmo será contemplado com 24 horas de música: o reggae, música de origem jamaicana, surgida no final dos anos 60, da fusão do ska com o rocksteady, terá um espaço próprio. Lá, no Palco Barão de Limeira,  se apresentarão músicos jamaicanos (como Pablo Moses e Clinton Fearon) e também a primeira formação da banda Cidade Negra, além da Tribo de Jah.

 A Praça Roosevelt (Praça Roosevelt e Praça Pentagonal) abrigará apresentações de grupos de fantasias medievais (Clã Hednir, Cosplay Medieval, Grupo Graal, Conselho Steampunk), mesas de RPG, stands dos fãs-clubes e associações, shows (serão oito bandas, como Sentai, J. Squad e Agente Smith), parada Cosplay (que será transmitida em tempo real pela internet), Live-action RPG, Conselho Jedi e 501 Squadron, Conselho Branco, A Caverna do Dragão e outras atividades.

No Parque da Luz (Parque da Luz s/n, Bom Retiro), que integra a programação da Virada pela primeira vez, acontecerá a intervenção urbana “Sombras na Arquitetura”, da Cia Quase Cinema, que projetará diversas sombras nos edifícios. A idéia é dialogar com as construções convidando a todos a olharem para o céu. Lá também será palco de Vagalume “Die Lichtwesen”, um projeto interativo de performances com figurinos de luzes; o público se torna parte do evento através de um movimento interativo com as criaturas que vagam pelo parque à noite.

Anúncios
Esse post foi publicado em Outros e marcado , . Guardar link permanente.